Pão e Cerveja

Do grão à garrafa! Conheça a cerveja de café da Academia do Café em parceria com Albanos

Além da Coffee IPA Albanos, foram destaque a Guiness Zero, a Heineken, a Patagônia e a Nortada

A Semana Internacional do Café terminou na última sexta-feira e um dos destaques do evento aqui em Minas Gerais foi a cerveja de café feita pela Cervejaria Albanos para a Academia do Café.

A cerveja de café abriu a semana de novidades na coluna Pão e Cerveja no rádio.

Confira abaixo, dia após dia, cada pauta destacada por nossa editora, a jornalista e Sommeliere de Cerveja, Fabiana Arreguy, em sua coluna radiofônica:

2a-feira – Cerveja de Café

Cerveja de café é o terceiro rótulo da série Da Origem ao Copo da Cervejaria Albanos
Coffee IPA, a cerveja de café do Albanos + Academia do Café/ foto: Tiago Henrique

Esta é a Semana Internacional do Café.

E uma novidade juntando duas marcas referência aqui em Minas Gerais é a IPA com café feita especialmente pela Cervejaria Albanos para a Academia do Café, cujo dono, Bruno Souza é produtor de café em Campos Altos, no Triângulo Mineiro.

A cerveja foi produzida com o café Topázio, cultivado e colhido na fazenda dele e depois torrado na própria Academia.

O rótulo é o terceiro da série Da Origem ao Copo, lançada ano passado pela Cervejaria Albanos.

Essa série sempre traz para cada rótulo de cerveja um ingrediente característico de Minas Gerais, sempre adquirido diretamente do produtor.

Foi assim com a compota de laranja de São Bartolomeu, com as jabuticabas da produtora Meire, de Sabará e agora com o café do Bruno.

A Coffee IPA da Academia do Café pode ser bebida, em chope, a partir de amanhã no bar Albanos Sion.

3a-feira – Calendário de Natal

24 cervejas, uma por dia, até o Natal

O que as cervejarias não inventam para vender, não é?

Escuta o que a Nortada, de Portugal, criou para este fim de ano: um calendário do advento, período de espera para o Natal no calendário católico.

Começando do dia primeiro de dezembro até o Natal, o calendário sugere 1 cerveja por dia.

Assim, o consumidor adquire um kit com 24 garrafas de cerveja, cada uma indicada para cada dia do advento.

O formato é o mesmo daqueles calendários cheios de janelinhas, marcadas com os dias, que ao serem abertas contêm um chocolate em cada uma. Lúdico e voltado para crianças!

Já o da Nortada é lúdico e voltado para os adultos!

A ideia é muito boa! Dá tempo de qualquer cervejaria brasileira copiar!! E aposto que muita gente vai querer!!

4a-feira – Heineken compra marcas de sidra na Austrália

No Brasil não pegou, mas lá fora, tanto nos Estados Unidos, na Inglaterra ou no novo mundo, a sidra é uma bebida que tem grande apelo junto ao público cervejeiro.

É comum por lá pedir sidra ontap. Sempre há uma ou mais torneiras dedicadas à bebida, à base de maçãs ou peras, nas taphouses.

Tanto assim que a Heineken acaba de adquirir três marcas tradicionais de cidra na Austrália, tornando-se assim sua única distribuidora.

O negócio ainda está sujeito a aprovação dos órgãos reguladores australianos, porque também envolve a distribuição perpétua de duas marcas de cerveja pertencentes à AB-Inbev naquele país.

Com mais este passo, a Heineken enfrenta a maior companhia de bebidas do mundo em mais uma batalha pelo mesmo posto.

É mais um capítulo dessa guerra de titãs da qual somos apenas expectadores.

5a-feira – Recall da Guiness Zero

Guiness Zero passa por recall devido à contaminação das latas onde foi envasada
Guiness sem álcool recolhida do mercado

Um ouvinte me encaminha a dúvida sobre o recall da Guiness Zero Álcool:

Ele me pergunta o que acho da iniciativa. E minha resposta é: honestidade e transparência devem sempre ser elogiadas, embora sejam uma obrigação de qualquer empresa.

A cervejaria decidiu recolher do mercado todas as latas do novo rótulo porque as embalagens teriam apresentado contaminação microbiológica.

Contaminação exógena, ou seja, não veio da cerveja em si, mas de elementos externos.

Ainda assim, é responsabilidade da cervejaria já que as latas acondicionaram o produto dela.

É o consumidor da Guiness que corria risco de ingerir um produto contaminado, ainda que não fosse propriamente a cerveja fonte dessa contaminação.

O caso mostra a conduta da empresa frente a seus consumidores, aumentando a sua confiabilidade.

Fica difícil não comparar com os casos de contaminação e morte ocorridos em Minas Gerais.

São gritantes as diferenças de conduta entre as empresas responsáveis lá e aqui!

6a-feira – Trabalho dos Sonhos

O ganhador do Trabalho dos Sonhos recebe também o prêmio de 20 mil reais em dinheiro.
Trabalho dos Sonhos na Patagônia para ver o eclipse total do sol

Estão abertas até o dia primeiro de dezembro as inscrições para o trabalho dos sonhos proposto pela cervejaria Patagônia, da Argentina.

A empresa vai sortear um pacote turístico de 10 dias para o explorador que encontrar o melhor local na região de Bariloche para assistir o eclipse total do sol, que ocorrerá no dia 14 de dezembro.

O fenômeno só poderá ser completamente visto apenas no Chile e na Argentina.

Para concorrer a essa tarefa dos sonhos, é preciso enviar um texto de 280 caracteres descrevendo o maior momento aventureiro que você já passou em alguma viagem.

O texto deve ser acompanhado de uma foto que comprove o ocorrido.

O ganhador, além de passagens, hospedagem, traslados, alimentação leva também um prêmio de 20 mil reais em dinheiro.

Corre que ainda dá tempo de participar! Clique aqui para fazer sua inscrição.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments