Pão e Cerveja

Tem algo azedo de novo! Sourthing, lançamentos da Cervejaria Capapreta

Cervejas ácidas fáceis de tomar para conquistar os paladares mais desconfiados.

Sourthing Yellow Capa Preta

As duas sours, Red e Yellow, fazem parte da série Limited Lot

Sourthing Red e Sourthing Yellow são as novas cervejas Capapreta, lançadas na segunda edição da série Limited Lot.

Limited Lot é uma série de cervejas que não faz parte do portfólio fixo da cervejaria, como eu já contei por aqui

Desta vez a Capapreta apostou em algo azedo… e com uma mesma base de cerveja acidificada construiu dois rótulos;

A Red recebe frutas vermelhas. E a Yellow, cajá e cupuaçu.

Eu comprei as duas cervejas, envasadas em latas de 473 ml, pela loja online deles. Paguei R$27,50 por cada uma, recebendo-as em casa.

Minhas impressões sobre as duas cervejas

Sourthing Red é uma cerveja ácida com frutas vermelhas
De coloração rosada, Sourthing Red é feita com frutas vermelhas

Sourthing Red é muito bonita em sua coloração rosada, já anunciando o que se sente no aroma e no sabor.

Cervejas ácidas de frutas vermelhas sempre me lembram ” danoninho”. A acidez lática mesclada ao aroma das frutas, em que se destacam framboesa e morango, nos levam para a casa dos fermentados de leite, não é?

É uma cerveja de acidez bem assertiva, mas não provoca nenhuma surpresa. Gostosa, porém sem grandes novidades. Boa para apresentar as sours aos paladares mais desconfiados.

Sourthing Yellow, com caju e cupuaçu, é uma festa de aromas tropicais
Sourthing Yellow, de frutas amarelas, traz muita refrescância no aroma e no sabor

Já a Sourthing Yellow é uma festa de aromas das frutas caju e cupuaçu.

Me senti transportada para as praias do Nordeste ao sentir o aroma da cerveja.

Esta sim, surpreendente, pelo frescor do aroma das frutas, pela pegada tropical e de certa forma exótica, com a acidez bem pronunciada.

A sensação de refrescância que a Yellow transmite é deliciosa. Sem dúvida, é minha preferida entre as duas Sourthing.

Tomaria muito mais dela se mais tivesse na lata. E compraria de novo, caso fosse uma cerveja fixa no portfólio Capapreta.

Já estou curiosa para saber o que virá na terceira edição da série Limited Lot. Essa é a forma mais instigante que uma cervejaria pode usar para apresentar coisas diferentes ao seu público:

Séries especiais de cerveja, que não serão repetidas, deixando sempre nossa memória trabalhar a favor delas. Que venham muito mais criações em série limitada!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.