Pão e Cerveja

Copa Cervezas de America pode vir para o Brasil em 2017

Como quase todo mundo já sabe, não pude embarcar para o Chile, onde seria jurada na Copa Cervezas de America, devido a problemas com meus documentos de identificação. Assim sendo, não fui ao evento, mas graças aos muitos contatos com todos de lá, a Copa Cervezas de America tem vindo a mim, repleta de novidades. A mais importante delas e que chegou  hoje por meio do diretor do evento, Daniel Trivelli, é que a Copa Cervezas de America pode ser realizada no Brasil no ano que vem! Tudo isso porque o maior número de cervejas inscritas no concurso deste ano é de brasileiras. São 326 cervejas do Brasil concorrendo, mais do que de qualquer outro dos 16 países participantes.

O concurso na edição 2016 cresceu 62 por cento em relação à do ano passado, que contou com 640 cervejas inscritas. Este ano foram 1043 inscrições. E a grande novidade é que os Estados Unidos também inscreveram cervejas, em número considerável de 110. Para o próximo ano, a intenção dos organizadores é incluir o Canadá, fazendo com que todos os países das Américas, produtores de cerveja, participem da competição, que vai crescer não só em número, mas principalmente em relevância. Apenas Bolívia, Guatemala e El Salvador devem continuar de fora, uma vez que a produção de cervejas por lá é insipiente!

E, justamente por se tornar um concurso tão abrangente, com a participação de todos os países americanos ( sul, latino e norte), as fronteiras devem se expandir também para a realização do evento. O Brasil é o país cotado para abrigá-lo no ano que vem, conforme entrevista feita com o diretor da Copa Cervezas de America, Daniel Trivelli ( escute aqui) na manhã desta terça-feira, dia 27 de setembro.IMG-20160927-WA0009

O sistema de preenchimento das fichas de avaliação, em um software criado especialmente para o concurso, foi novamente adotado ( a estréia foi no ano passado) devido ao excelente retorno que gerou. O feedback aos participantes é quase imediato, com as fichas enviadas online logo após o anúncio das vencedoras. Assim todos ficam sabendo rapidamente porque ganharam ou perderam. ( Torço muito para que os demais concursos adotem a forma, pois escrever dezenas de fichas à mão é penoso para os juízes, além de demorar muito mais! E para quem lê as fichas depois também há a vantagem de conseguir entender, uma vez que existem letras ilegíveis!IMG-20160927-WA0010

Como eu havia prometido, o diário da Copa Cervezas de America continua. Aguardem os próximos posts com novidades quentinha do Chile.

Me siga também nas redes sociais:

Facebook.com/ Fabiana Arreguy

Facebook.com/paoecerveja

Twitter:@paoecerveja

Instagram: Fabiana.Arreguy

radio

Ouça a coluna diária Pão e Cerveja na Rádio CDL FM de Belo Horizonte (fm1029.com.br)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.