Pão e Cerveja

Cervejarias artesanais fazendo escola?

Finalmente experimentei os lançamentos da Bohemia, rótulo da Ambev, que reivindica o título de primeira cerveja do Brasil. São três novidades: Bela Rosa, uma Wit com pimenta rosa; Jabutipa, uma IPA com Jabuticaba e Caa-Yari, uma blonde ale com erva- mate. Devo dizer que nunca costumo apontar defeitos em cerveja alguma. Prefiro exaltar qualidades. Se não as encontro, prefiro não falar nada. Posto isso, vamos às descrições do que percebi em cada uma delas.

Bela Rosa, a mais saborosa delas, tem um toque muito marcante de laranja. Natural que isso seja encontrado. Afinal wit é um estilo em que cascas de laranja são obrigatórias. Logo, sentir o sabor da fruta é um ponto positivo. No aroma, além da laranja, é perceptível algo que lembra terra molhada, característica do condimento diferente, a pimenta. Essa aparece ainda mais na sensação de boca, com um picante muito agradável, que traz à cerveja uma refrescância sem igual. Uma bebida gostosa, equilibrada, que eu indicaria para um dia quente como os que estamos vivendo neste verão.

Jabutipa, não muito gostosa para mim. O aroma é de lúpulo e dos bons! Traz aquela sensação de folhas e frutas cítricas muito agradável. Mas no sabor, um toque de malte tostado que não caiu bem. E a fruta utilizada? Bem, ela não aparece tão claramente. E talvez sua interação com os demais ingredientes não tenha dado muito certo. Fato é que temos uma IPA amarga, como pede o estilo, mas sem equilíbrio. E sem a marca da jabuticaba que, confesso, procurei com
vontade de encontrar.

Caa Yari, a mais doce cerveja que tomei nos últimos tempos. Doce, para mim, não é lá um elogio… não gosto muito de bebidas adocicadas. Quando essa doçura é exagerada, aí é que perde pontos para mim! É uma cerveja belga, com muitos aromas frutados vindos de levedura. Esses cheiros já nos dão a sensação de que tomaremos um líquido doce. Mas quando isso se comprova na boca e com a força com que essa cerveja apresenta no sabor, o adjetivo que me sobra para descrevê-la é enjoativa! E muito! Não consegui tomar um copo inteiro. Não posso dizer que são defeitos. Apenas discorro sobre as características sensoriais que você pode encontrar. Para muitos são atributos positivos, portanto não se acanhe em discordar de minhas impressões. Seja fiel ao seu paladar e aproveite as novidades. Afinal, há épocas de entressafra em que nada de novo aparece. Ter três lançamentos assim ao alcance da mão de uma só vez, com preço acessível, é algo a se comemorar. Ou bebemorar. Aproveite!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Líquido e Certo