Pão e Cerveja

Lendas Cervejeiras 2

Cor escura não faz a cerveja mais encorpada. Essa é mais uma das lendas cervejeiras espalhadas por aí…

A cor da cerveja não faz dela mais forte ou mais fraca

Cor da cerveja também pode estar entre as lendas cervejeiras mais comuns

Ontem falei por aqui sobre certas “ verdades” nada verdadeiras que de tão repetidas tornam-se lei. Fiquei de complementar o assunto lendas cervejeiras. E aqui estão  mais algumas que merecem ser explicadas para tentar colocar alguns pingos nos iis.

Pergunto: verdadeiro ou falso?

Cerveja escura é mais forte e encorpada (Falso) – Muita gente repete, eu mesma já ouvi um milhão de vezes, que não gosta de cerveja escura porque ela é muito forte. Devo lhes dizer que essa é uma afirmação totalmente sem sentido. A cor da cerveja não está relacionada ao teor alcoólico dela, muito menos ao corpo. As únicas coisas que definem cor em uma cerveja são o grau de torrefação do malte ou, no caso de adição de frutas e outros aditivos, a coloração deles. Se temos um malte apenas seco,a cerveja será bem clara. Se levemente torrado, teremos uma cerveja com tons âmbar. Se caramelizado, temos uma cerveja castanha. Se completamente torrado, temos uma bebida negra. É claro que o perfil de sabor da bebida também muda de acordo com esses graus de torrefação. Quanto menos tostado, mais o malte nos trará sabores de cereais in natura, lembrando o gosto de um pão claro. E quanto maior a torra, mais chocolate ou café sentiremos no aroma e no sabor.

Álcool e gás são colocados na cerveja (Falso) – Outra pergunta que volta e meia me fazem: em que momento se coloca o álcool na cerveja?. E o gás? Ao que respondo: em nenhum! Álcool e gás carbônico são produtos da fermentação da cerveja. Justamente este é o papel da levedura cervejeira: transformar o açúcar liberado pelos grãos em álcool e gás. Dizem que quem faz a cerveja, na verdade, é a levedura exatamente por essa ação, que nos primórdios, lá na Suméria, era considerada uma obra mágica, divina. Afinal, as mulheres preparavam um mingau de grãos docinho e passados alguns dias o liquido deixava bem alegre quem o bebia! É ou não uma dádiva dos céus?.

Toda Pilsen é Lager, mas nem toda Lager é Pilsen ( Verdadeiro) – Não canso de ouvir, até em lojas, alguém dizer que não toma pilsen, só toma lager… o pior é que normalmente essa pessoa está com uma pilsen no copo! É importante entender que o termo “ Lager” refere-se à família de baixa fermentação das cervejas. Pilsen é somente um estilo produzido por essa forma de fermentação. É fácil entender se pensarmos na noção de conjunto, aquela que aprendíamos no primário, em que um elemento está ou não contido em um todo. Estilo é o elemento que está contido no conjunto Lager ou Ale, as principais famílias de fermentação.

Texto originalmente publicado em 28/06/2015 no caderno Degusta do Jornal Estado de Minas e reeditado para este site

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.