Pão e Cerveja

Cerveja combina com chocolate?

Combinar cerveja com chocolate vai muito além de comer um petit gateau com Stout. Há outros casamentos bem mais interessantes.

Chocolate e cerveja sour

Mousse de chocolate com Lambic, harmonização deliciosa

A resposta à questão acima pode até parecer estranha a quem nunca pensou em perguntá-la. Afinal é difícil associar cerveja a sobremesas. Pouca gente o faz. Pouca gente acredita que possa. Pouca gente pensa em provar. E a elas digo: não sabem o que estão perdendo! Cerveja combina com chocolate. E muito bem!

Chocolate é um alimento fermentado, que pode ser amargo e seco, mas também pode ser doce e cremoso quando acrescido de leite e açúcar. Cerveja é uma bebida fermentada, que pode ser amarga e seca, mas também pode ser doce quando o foco da receita está no malte. Viram? Ambos, chocolate e cerveja, passam por processos muito semelhantes de produção e adquirem sabores parecidos. Há muitas cervejas cujos maltes torrados adquirem sabor de chocolate, podem ser servidas junto ao doce como se fossem duas faces da mesma moeda.

Mas é nos contrastes que mora a grande delícia! Quando ousamos colocar cervejas de sabores contrastantes aos do chocolate conseguimos construir um terceiro sabor, fazendo da simples experiência de morder um pedaço de um simples tablete comprado na esquina um verdadeiro delírio. Minha sugestão é ousar e emparelhar o chocolate com cervejas ácidas, aliás, azedas mesmo. E há muitos estilos delas hoje, como já descrevi por aqui

As cervejas Sour estão em alta e costumam fazer um belo par com os confeitos doces. Cortam a gordura presente no alimento, porque a acidez a atravessa como um punhal. Equilibram o sabor doce, deixando limpo o palato para o próximo pedaço. E assim a experiência se engrandece, deixando de ser apenas um tablete de chocolate devorado, para se transformar em pura gastronomia. Faça o teste. Te garanto que será uma das melhores experiências de harmonização com cerveja que você terá. 

 

( Este texto foi originalmente publicado no caderno Degusta do jornal Estado de Minas em 16/04/2016 e reeditado para o site )

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.