Cerveja na Cozinha

No Comida di Buteco a cerveja vai parar no prato! O Festival começa amanhã e promete belas surpresas

Comida di Buteco chega à sua 22a edição este ano.

Começa amanhã, indo até 8 de maio, o concurso botequeiro que conquistou o coração do brasileiro.

Como acontece a cada ano, os botecos participantes, que este ano são 90, devem criar petiscos para eleição do público e de um juri especializado.

O Comida di Buteco 2022 não tem um tema delimitado, como em edições anteriores, para a criação dos pratos.

O que interessa é ser original, mas, principalmente, gostoso e, lógico, acompanhado da cerveja na temperatura exata. Nem quente, nem congelada. Na temperatura ideal para refrescar e matar a sede.

Neste ano dois dos bares participantes apostaram na cerveja.

Porém, a bebida não vai no copo, mas sim no prato!

O boteco Toninho – Alto Forno, no bairro Santo André, criou o petisco chamado Chance:

Um cupim cozido em cerveja preta acompanhado por farofa de Neston e amêndoas laminadas. Haja imaginação, hein? Só de ver a descrição dá vontade de provar!

Já o bar Tacos, no Coração Eucarístico, apostou na carne suína com cerveja em sua receita.

Lombo à Excelência é uma copa-lombo assada na cerveja preta acompanhada de coleslaw e batatinhas no chimichurri.

Todos os bares participantes devem ofertar o petisco concorrente ao preço de R$ 27,00

Confira nosso tour com a caravana Comida di Buteco

Prato Oração Caipira do Santo Boteco

Fomos convidados para uma caravana de jornalistas e influencers, ontem, que visitou três dos 90 bares participantes do festival.

Uma das casas era na Zona Sul e outras duas na Oeste de Belo Horizonte.

A visita começou pelo Santo Boteco, que serviu uma porção de batata fritas da McCain, patrocinadora do evento. Sequinhas, a receita vem com páprica e é uma novidade da marca. Bem interessante.

Depois, veio o prato principal Oração Caipira, que é linguiça de copa lombo com um tempurá ora pro nobis e angu de milho verde.

Este estabelecimento fica no Carmo Sion e dali fomos para o Prado.

Boteco sem croquete, não é um boteco completo.

Croquete de pernil com queijo do Prado Beer

No Prado Beer eles investiram no prato, que ganhou uma versão com pernil recheado com queijo.

A receita já existia na casa e era feita com carne de boi, mas recebeu esse ajuste especialmente para o evento.

O petisco vem acompanhado de molho de melado com cachaça, muito bom, e molho de abacaxi com pimenta malagueta, perfeitos para valorizar ainda mais a iguaria.

O detalhe é que de entrada, a casa lançou um pão de alho com finas lingüiças calabresas intercalando as fatias, temperado com pimenta calabresa bem marcante, mas na dose certa.

A terceira parada foi numa charmosa varanda, localizada numa esquina do Coração Eucarístico.

O Villa da Chef vem com um clássico dos botecos, um miúdo de frango, servido de maneira refinada.

O nome do prato é Amo ela e vem numa bandejinha charmosa em formato de coração.

Num pequeno caldeirão que mantém o petisco quente, pedaços de moela cozida ao molho de vinho, que são acompanhados de pão francês temperado com azeite e recheado com azeitonas.

Amo Ela é um clássico de qualquer boteco: moelinha cozida no vinho

O butequeiro tem que votar na cerveja mais gelada e o destaque foi o Prado Beer. Canela de pedreiro como dizem por ai.

As caipirinhas também estão concorrendo e a do Santo Boteco estava perfeita.

Experimentamos a do Villa da Chef que estava ótima também.

A higiene e o atendimento também contam pontos rumo a conquista de se tornar o melhor boteco do Brasil.

Este ano a melhor caipirinha também vai ganhar prêmio do patrocinador Cachaça 51

Como funciona o concurso

Temperatura da cerveja é um dos quesitos que contam pontos no Comida di Buteco

O objetivo do Comida di Buteco é eleger o melhor buteco de cada circuito.

Na primeira etapa, em cada uma das cidades participantes, os bares selecionados apresentam os petiscos criados especialmente para a competição.

O público e um corpo de jurados visitam, votam e elegem o campeão, avaliando quatro categorias: petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida.

O petisco leva 70% do peso da nota e as demais categorias 10% cada uma.

O voto do público vale 50% do peso total e dos jurados 50%.

Na segunda etapa, em junho, uma nova comissão de jurados, escolhida especificamente para esse momento vai visitar os campeões de cada circuito, avaliando sua performance nas mesmas quatro categorias.

Cada campeão recebe três jurados.

Elege-se aí o Melhor Buteco do Brasil, que será conhecido e premiado no mês de julho.

Sobre o Comida di Buteco

O Comida di Buteco nasceu no ano 2000, em Belo Horizonte e, desde 2016 elege também o Melhor Buteco do Brasil.

O circuito do Triângulo Mineiro começa a ser ampliado, com a inclusão da cidade de Araguari se somando a Uberlândia.

Serão quase 800 butecos de Norte a Sul do país disputando a eleição do melhor buteco em cada um dos 21 circuitos.

Na última edição o concurso registrou 480 butecos participantes; 400.000 votos; 2. 500.000 petiscos vendidos; 4.500 empregos diretos gerados; 4 milhões de pessoas impactadas nos butecos e 13 milhões de pessoas alcançadas nas redes sociais.

Cadu Brandão

Ver Comentários

Posts Recentes

Empresário mineiro assume presidência da Câmara Setorial da Cerveja ligada ao MAPA

Marco Falcone é um dos construtores do mercado cervejeiro nacional e agora assume a presidência…

% dias

Academia da Cerveja abre 500 vagas gratuitas para curso de capacitação cervejeira para mulheres

A iniciativa faz parte das ações pelo Dia Internacional da Mulher celebrado ontem

% dias

Começou a Semana da Justiça Invicta! Todas as cervejas com descontos de até 50%

As principais atrações serão os oito lançamentos da Linha Finito e frete grátis para algumas…

% dias

64 cervejas Catharina Sour serão lançadas simultaneamente! Vem aí a 2a ação do coletivo Toda Cerveja

Segunda ação do Movimento Toda Cerveja homenageia primeiro estilo brasileiro da bebida. Juntas, marcas participantes…

% dias

Conheça Innuendo: a 1a cerveja mineira lançada em 2022

A Cervejaria Küd saiu na frente e lança sua primeira cerveja deste ano, aos seis…

% dias

Lúpulo 100% brasileiro ganha reforço com mais um viveiro no interior de São Paulo: Agritech Silver Hops de Ribeirão Preto

Com este reforço, a produção do lúpulo genuinamente brasileiro será ampliada a partir de pesquisas…

% dias

Thank you for trying AMP!

We have no ad to show to you!