Pão e Cerveja

Notícias cervejeiras da semana: rótulos novos, long necks, cervejas com compotas de frutas e muito mais!

Das cervejas em lata, às long necks e aquelas que recebem compotas de frutas na composição. Tudo é boa novidade por aqui.

Cerveja mineira com figo

As notícias cervejeiras da semana, anunciadas na coluna Pão e Cerveja veiculada pela Rádio CDL-FM de Belo Horizonte, foram muitas. De cerveja icônica americana chegando ao Brasil, às pequenas embalagens e Snoop Dog como garoto propaganda da Corona.

Divirta-se lendo os textos da coluna que já ouviu pelo rádio, ou confira as notícias cervejeiras da semana que você não conseguiu ouvir. Estão todas aqui:

Chegada da Pabst Blue Ribon ao Brasil foi uma das notícias cervejeiras da semana mais comentadas

Mais uma cerveja icônica dos Estados Unidos chega ao Brasil. Desta vez a Pabst Blue Ribon, simplesmente a maior cervejaria independente americana, nascida em Milwaukee em 1844, e com sede em Los Angeles começa a ser produzida e distribuída em solo brasileiro.

A responsável pela marca aqui será a indústria cervejeira New Age, instalada na cidade de Leme, interior de São Paulo.

A chegada ao Brasil faz parte dos planos de expansão da Pabst Blue Ribon pelo mundo. Hoje ela está presente em mercados como Rússia, China, Ucrânia, Austrália. O primeiro rótulo a ser distribuído por aqui não é nada original, uma American Standard Lager como tantas outras que já temos no mercado, envasada em lata e long neck.

Por enquanto as vendas da marca estão restritas a São Paulo. Pelo visto o mercado consumidor de cervejas brasileiro tem-se tornado vantajoso, não é mesmo?

Na 3a-feira, dia 25, falamos das long necks artesanais que chegam ao mercado nacional

As cervejas Lager, bem leves e de sabor neutro, voltam a cair nas graças do consumidor, mesmo aqueles que só consomem rótulos artesanais. Talvez seja uma tendência pelo simples, assim como acontece em outros segmentos como a gastronomia, moda, decoração.

As cervejas “Pilsen”, na verdade Standard American Lager, pouco amargas, mais maltadas e com teor alcóolico mais baixo têm sido mais procuradas no varejo.

E nessa quarentena algumas marcas, que só trabalhavam com garrafas de 600 ml para o estilo, lançaram suas versões em long neck, a garrafinha de pouco mais de 300 ml, que permite o consumo diretamente da embalagem. Alguns exemplos são a Pilsen Albanos, a Uaimii Pils e a Colorado Ribeirão Lager, que podem ser boas companhias para as lives musicais que se tornaram a maior atração cultural nesta pandemia.

Em tempos em que beber sozinho em casa é a única opção, a embalagem em volume menor é super oportuna. Nossas boas vindas às pequenas notáveis!

Já nas novidades cervejeiras da semana de 4a-feira, falamos do aumento do envase em lata

Notícias Cervejeiras da semana mostram que o envase em latas é crescente no Brasil
Envase de cervejas em lata já representa 70% do mercado

Eu já venho falando por aqui há algum tempo sobre a tendência do envase de cervejas em lata. Cada vez mais cervejarias se rendem à embalagem e isso já podia ser notado nas prateleiras dos pontos de venda, na migração total de algumas cervejarias de seus rótulos, antes envasados em garrafas de vidro, para as latas.

E agora os números comprovam essa tendência que eu anunciava lá atrás. A venda de cervejas em lata aumentou no Brasil 0,6% no primeiro semestre deste ano. Para você ter ideia, em 2019 a cerveja envasada nesse tipo de embalagem representava 55 por cento de todas as outras bebidas. Neste ano ela representa 70% desse mercado.

Talvez isso possa ser explicado pelo hábito obrigatório do consumo em casa imposto pelo isolamento social. O transporte das latas é bem mais seguro, o acondicionamento é mais fácil e o descarte ocupa menos espaço. Vamos ver como o mercado vai se comportar nesse sentido quando a pandemia acabar.

Compotas de frutas em cerveja. Isso pode? ô se pode! Assunto da 5a-feira, dia 27

chegada ao mercado da Tripel com Figo Seu Tomé é uma das boas novidades cervejeiras da semana
Tripel com figo é feita com a folhas e a compota da fruta

Quando falamos em delícias e quitandas mineiras não podemos deixar de lado as maravilhosas compotas de frutas. Doces que aproveitam as frutas da estação, conservando-as em calda de açúcar. Algo que fazemos com maestria em Minas Gerais, sendo algumas de nossas cidades referência neles.

E se eu te disser que temos cervejas mineiras aproveitando essas compotas lindamente e inserindo-as em suas receitas? Pois deixa eu te falar de três cervejas mineiras feitas com doces de frutas que merecem ser experimentadas:

A primeira delas é a Tripel com Figo, da Seu Tomé, produzida em Sabará.

A outra é a IPA com doce de laranja da terra da Clan, produzida no Vale do Sol, Nova Lima.

E a terceira é a American Amber Ale com goiabada cascão, produzida pela Dunn lá do Mercado Central.

Cervejas bem interessantes, todas elas eu já degustei e digo que valem a pena.

Snoop Dog vira garoto-propaganda da Corona, uma das notícias cervejeiras da semana mais inusitadas

A cerveja mexicana Corona, que no início da pandemia sofreu queda no consumo por causa do vírus de mesmo nome, dá a volta por cima e traz nada mais, nada menos que o rapper Snoop Dog para ser seu garoto propaganda.

Os anúncios com o rapper já foram lançados na TV e estão sendo exibidos durante os playoffs da Associação de Baskettball norte-americana.

A campanha, chamada de La Vida Más Fina, mostra o cantor numa praia paradisíaca falando de como a vida pode e deve ser curtida, é claro que com uma garrafa de Corona na mão.

Veja o vídeo comercial aqui

Como os comerciais foram gravados antes da pandemia, Dog aparece em um bar cheio de gente, o que já foi criticado por alguns veículos de propaganda. Mas no mundo atual tudo o que mais se quer é estar junto e não isolado, não é mesmo? A propaganda só reafirma o desejo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.