Pão e Cerveja

No Dia Mundial do Chocolate, que tal combinar o alimento com cerveja?

Cerveja com chocolate já é um casamento consagrado. Seja na composição da bebida ou na harmonização entre os dois.

Hoje é o Dia do Chocolate – podemos dizer, portanto, que o 7 de julho é o dia mais gostoso do ano?

Para a maioria da população mundial, sim! Este é o dia mais gostoso do ano!

E se você, além de gostar de chocolate, ama cerveja, então está no lugar certo. Chocolate e cerveja são uma parceria que dá muito certo.

Há estilos da bebida que se encaixam perfeitamente com chocolate e até mesmo receitas de cervejas que levam cacau.

Mas, de onde vem o cacau?

Cacau é o fruto utilizado para fazer o chocolate, com a torrefação e fermentação de suas s amêndoas, base da iguaria.

Suas origens são as civilizações da América Central, antes da chegada de Cristóvão Colombo.

Quando nosso continente foi povoado, a iguaria foi levada para a Europa e fez sucesso rapidamente por lá. Isso por volta dos séculos XVII e XVIII.

Oe europeus bem que tentaram plantar cacau no velho continente, mas o clima não permitiu o desenvolvimento das plantas.

Até essa época, no entanto, o chocolate era uma bebida amarga, servida quente, e só para os nobres.

Para incrementar, europeus começaram a adoçar a bebida e acrescentar especiarias.

Com o passar do tempo, foram desenvolvendo várias técnicas para aprimorar o chocolate, até chegarmos às inúmeras modalidades, tais como: ao leite, em pó, em barras…

Hoje o chocolate é ingrediente para bombons, bolos, tortas, sorvetes, pizzas e, pasmem, até cosméticos!

E o que a cerveja tem a ver com chocolate?

O Cacau é também ingrediente de muitos rótulos de cerveja. O nibs da fruta tem sido adicionado às receitas, conferindo um sabor marcante.

Há também diversos estilos de cerveja cujo sabor casa perfeitamente com o chocolate.

Segundo o mestre-cervejeiro Carlos Henrique Vasconcelos da Hofbrauhaus BH, os estilos maltados que tenham notas que remetam a caramelo e chocolate, castanhas ou cacau tostado, como Bock, Doppelbock, Dark Strong Ale, Scotch Ale, Strong Ale, Barley Wine combinam muito bem com chocolate.

“Estilos com notas de tosta também combinam, como Porter e Stouts, que vão muito bem com os chocolates com maior quantidade de cacau e sabores meio amargos”, explica o cervejeiro.

“Para os chocolates brancos, que são feitos a partir da manteiga de cacau, o estilo Tripel belga cai muito bem, com suas notas mais cítricas e de frutas amarelas.” complementa Vasconcelos

Fruit Lambic, Stout ou Porter também combinam com chocolate branco. Os dois últimos estilos formam no paladar um sabor que remete ao doce de leite.

Já os chocolates mais amargos são perfeitos para os estilos , Imperial Stout, Belgian Dark Strong Ale, Wood-Aged Beer.

Para celebrar o Dia do Chocolate, relembre 5 cervejas que recebem cacau na fórmula

1 – Bodebrown Cacau IPA é uma das mais famosas. É uma cerveja American IPA com cacau feita em colaboração com a cervejaria norte-americana Stone Brewing® da Califórnia.

Ela é conhecida pelo sabor forte e marcante, com aromas de frutas cítricas vindos dos lúpulos norte-americanos, combinados com os aromas achocolatados que vêm dos nibs de cacau acrescentados à sua receita.

No sabor, encontramos um balanço entre o maltado com caramelo além do médio amargor presente através dos lúpulos.

Krug Cacau Stout recebe nibs de cacau, coco queimado e favas de baunilha na receita. Um verdadeiro chocolate gelado!
Krug Cacau Stout foi produzida nos 22 anos da cervejaria e agora ganha uma segunda edição/ Foto: Alexandre Bruzzi

2 – Krug Cacau Stout é daqui de Minas, feita em comemoração os 22 anos da Krug Bier.

Cerveja forte, escura e amarga é uma Russian Imperial Stout envelhecida na presença de nibs de cacau e coco queimado, com notas de madeira provenientes da baunilha.

3 – Dado Bier Double Chocolate Stout é outra Russian Imperial Stout, mas essa já é produzida com extrato com 70% de cacau, fornecido exclusivamente pela Kopenhagen.

Sua receita apresenta uma complexa composição com maltes, cevada tostada, aveia, além de lúpulos.

4 – A Baden Baden Chocolate é outro rótulo famoso. A cerveja é uma Ale, vinda diretamente de Campos do Jordão para o coração dos chocólatras.

Ela tem amargor leve e 6% de graduação alcoólica. As notas adocicadas de cacau combinam com seu corpo leve.

5 – Monjolo Floresta Negra é o chocolate da premiada cervejaria Tupiniquim.

Na verdade, esse rotulo é uma adaptação de outra cerveja da marca, a Monjolo Imperial Porter, que teve adicionada à sua receita uma boa dose de cacau, baunilha e framboesa.

O resultado foi uma fruit beer com sabor adocicado e leve amargor. A cerveja lembra bastante à famosa torta floresta negra

E agora confira 5 cervejas para harmonizar com chocolate

Cerveja à base de maltes torrados  da Laut é uma excelente companhia para chocolates ao leite
Os maltes torrados da Dark Lager se aproximam por semelhança do chocolate/Foto: Soul Marketing

1 Läut Dark Lager é uma cerveja com notas torradas e tostadas remetem ao café, caramelo e chocolate. Combina bem com chocolate ao leite.

2Hofbrau Dunkel é uma cerveja de perfil maltado, escura e fácil de beber. Entre seus aromas e sabores, os maltes imprimem notas de grãos e panificação. Perfeito para os chocolates 50% cacau

3Desbravator Seu Mundinho, da Prússia Bier, de São Gonçalo do Rio Abaixo. Ela é uma Doppel Bock com aromas doces e tostados, que remetem a café, rapadura. A doçura intensa e o baixo amargor fazem um belo contraste com os chocolates amargos.

Para constrastar com chocolate amargor, nada como a doçura maltada do estilo Doppel Bock
Desbravator é uma doppel bock intensa em doçura e álcool feita pela Prússia Bier/Foto: acervo

4Verace Abapuru é uma Catharina Sour que leva goiaba e cajá-manga na receita. Além da acidez, as notas tropicais das frutas formam um conjunto original e nada enjoativo com os chocolates brancos, equilibrando o dulçor.

5Morada Gasoline Sour é uma Scotch Aleacidificada e envelhecida em barris de carvalho. Sua acidez potente, que muito lembra os acetos balsâmicos italianos, formam uma composição inusitada com os chocolates ao leite, mais gordurosos e doces.

Cervejas ácidas podem compor um conjunto equilibrado com chocolates que destaquem mais doçura
Gasoline Sour, da Cia Morada Etílica, é uma cerveja no estilo Flanders surpreendente em seus sabores ácidos/ Foto: Instagram Cia Morada Etílica

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Josy Campos

Tem a pub dark lager do Caraça tb que é muito boa, ganhou um premio de melhor cerveja escura em Londres.